Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Maçonaria adora Lúcifer (Provas)

"Águia Bicéfala". 

Agora, utilizando citações e ilustrações de livros maçônicos, provamos, sem sombra de dúvidas, que a Maçonaria é totalmente satânica. Você não precisa mais ser enganado.
A maior parte deste artigo baseia-se em livros que foram publicados por editoras maçônicas e que eram muito secretos antigamente. Seguimos a recomendação bíblica atentamente, comparando os ensinos maçônicos com a Bíblia Sagrada. Em 1 João 4:1, encontramos este mandamento a todos os cristãos: "Amados, não deis crédito a qualquer espírito, antes provai [testai] os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora." Assim, vemos que qualquer ensino religioso que não se conforme com as Escrituras é proveniente de um "falso profeta".
Este exercício não é vão, pois é sua alma preciosa que está em jogo. Finalmente, lembre-se de duas coisas sobre a Maçonaria: 1) Os maçons de graus superiores mentem para seus colegas maçons, pois eles "merecem ser enganados"; 2) As explicações dadas a 95% de todos os maçons estão erradas. Veja esta citação de um autor maçônico, Carl Claudy: "Remova a casca exterior e encontre um significado; remova aquele significado e encontre outro; abaixo dele, se você cavar ainda mais, encontrará um terceiro, um quarto - quem poderá dizer quantos ensinos?" Você aprendeu muitas mentiras, conforme demonstraremos nos nossos muitos artigos. Finalmente, lembre-se, da audaz afirmação de Albert Pike em seu livro Morals and Dogma (leia a resenha) que, "A Maçonaria é idêntica aos mistérios antigos", o que significa que todos seus ensinos em todos os livros são exatamente o mesmo que os mistérios antigos, pagãos e satânicos! [pg 624, Ensinos para o Vigésimo Oitavo Grau]
Pedimos que você separe um tempo para ler nossos artigos para que finalmente saiba a verdade de Jesus Cristo, o Deus do Universo, a quem os maçons chamam de "deus inferior" e nunca mencionam em seus ensinos e rituais. Oramos fervorosamente para que o Espírito Santo ilumine sua mente, coração e alma com o conhecimento do verdadeiro Deus, e somente do verdadeiro Deus, da Bíblia Sagrada.
Agora, pela primeira vez, provaremos conclusivamente que a Maçonaria é na verdade adoração a Lucifer, o portador da Luz; logicamente, como Lucifer e Satanás são biblicamente a mesma pessoa, a Maçonaria na verdade está adorando a Satanás. Provaremos isso citando suas próprias fontes e mostrando seus próprios símbolos. Nos símbolos, a Maçonaria revela mais sobre si mesma que em seus escritos; porém, começaremos pelos escritos, pois ali você encontrará a "prova da arma fumegante" que a Maçonaria adora a Lucifer. Após compreender essa verdade, você saberá por que eles tiveram tanto cuidado ao longo dos séculos de manter a tampa do segredo muito bem fechada, pois, se as pessoas realmente compreendessem que a Maçonaria é adoração a Satanás, ninguém mais ingressaria na sociedade e os cidadãos da maioria das comunidades exigiriam que as autoridades constituídas proibissem a organização. Assim, você tem segredos dentro de segredos, exatamente como mencionamos anteriormente; além disso, há uma contínua campanha de relações públicas promovendo a mentira que a Maçonaria não é uma religião e que é apenas uma organização social que realiza boas obras.
Agora, vamos informá-lo, utilizando as próprias palavras da Maçonaria, que os maçons nos níveis mais altos adoram a Satanás.

Lucifer é Exaltado Como o Portador da Luz da Maçonaria

"Lucifer, o portador da Luz! Nome estranho e misterioso a dar ao Espírito das Trevas! Lucifer, o Filho da Manhã! É ele que traz a Luz e que com seus esplendores intoleráveis, cega as almas frágeis, sensuais e mesquinhas? Não duvides!" [Albert Pike, Moral and Dogma of The Ancient and Accepted Scottish Rite of Freemasonry, pg 321, Décimo Nono Grau, Grande Pontífice; ênfase adicionada]
Que revelação! A partir do primeiro grau, da primeira iniciação, o maçon é instruído a "buscar a Luz"! Os maçons dizem com freqüência que estão "buscando a Luz", e que passarão sua vida inteira "caminhando em direção à Luz". Quase todas as pessoas na civilização ocidental assumirão que essa "Luz" é a revelação do Deus da Bíblia; na verdade, essa afirmação é proferida continuamente para tentar nos convencer que a Maçonaria seja cristã. No entanto, aqui, Albert Pike está dizendo que Lucifer é aquele que traz a Luz da Maçonaria!
A sentença de Pike que precede essa confirma não somente que Lucifer é o portador da Luz, mas que os maçons dos graus inferiores foram levados a acreditar que o oposto era verdadeiro. Como o palavreado nessa sentença é um pouco arcano [compreendido somente por aqueles que têm um conhecimento especial], pedi ao ex-satanista Iluminista Doc Marquis, que me desse uma explicação. No entanto, estamos indo depressa demais agora; vamos examinar essa sentença.
"O Apocalipse é, para aqueles que recebem o Décimo Nono Grau, a Apoteose daquela Sublime Fé que aspira a Deus somente, e despreza todas as pompas e obras de Lucifer." [Ibidem]
À primeira vista, essa sentença parece contradizer à primeira que mencionamos anteriormente, onde Pike identifica Lucifer como o portador da Luz maçônica. No entanto, quando você compreende a explicação esotérica de Doc Marquis, sua compreensão fica totalmente clara.
Primeiro, Pike identifica o Apocalipse como sendo o livro escrito pelo apóstolo João. Em seguida, afirma que outros livros similares de outras religiões, são igualmente 'inspirados' como o Apocalipse, mencionando Filo, Platão, o Sephar Yezirah e o Sohar. Pike diz que todos esses três livros - o Apocalipse, o Sephar Yezirah e o Sohar, são todos identicamente 'inspirados'. Como esses dois últimos livros não são da fé cristã, Pike está dizendo que o conteúdo do Apocalipse não é grande coisa. Portanto, não é grande coisa que o livro do Apocalipse denigra a "pompa e a obra" de Satanás, pois o Deus daquele livro sabidamente detesta Satanás.
Em seguida, Pike diz que esses três livros "são o mais completa incorporação do ocultismo".[Ibidem] Agora, compreendemos que Pike vê o Deus do Apocalipse como sendo o oposto, mas igual a Satanás, exatamente como os ocultistas típicos acreditam e ensinam!
Doc Marquis apresenta também uma explicação ocultista e esotérica. Pike também está dizendo nessa sentença que, nos dezoito graus anteriores, os maçons acreditaram que Deus era o portador da Luz, mas agora, no Décimo Nono Grau, Pike está fazendo uma nova revelação. Esse conhecimento enquadra-se perfeitamente com a declarada política maçônica de enganar deliberadamente os maçons que estão nos graus inferiores até que eles realmente estejam prontos para a "verdade". Esta é a verdade -- a Maçonaria adora a Lucifer.

A Frase Tipicamente Satânica de Pike - Exposta Para Que Todos Possam Ver

Livro "Morals And Dogma", de Albert Pike.


Pike então dá evidência concreta da adoração do maçom a Satanás/Lucifer na capa do livro Morals and Dogma! Abaixo do selo redondo de "Deus", Pike escreveu em latim uma típica frase satânica. Uma olhada nessa frase alertaria qualquer satanista que o conteúdo do livro é satânico! O satanista também compreenderia imediatamente que toda a Maçonaria é satânica.
Essa frase é: "DEUS MEUMQUE JUS". O significado literal é "Deus e Meu Direito".
Doc Marquis diz que essa frase é muito típica dentro do Satanismo. Ela tem dois significados, um dentro do outro. Primeiro, significa que o maçom pode depender do seu deus para determinar seu Direito e sua Justiça. Segundo, como o deus da Maçonaria é Lucifer, os maçons estão dizendo que estão "usando métodos ocultos", por meio de Lucifer, para alcançar seus Direitos e Justiça. Marquis diz que essa frase é muito poderosa e muito perigosa dentro do Satanismo. No instante que um satanista vê essa frase em latim no livro de Pike, ele sabe que o conteúdo é Satanismo, sem precisar ler uma palavra dele!


"As Energias Ardentes de Lucifer em Suas Mãos"!

"Chegou o dia em que o Companheiro Maçom precisa conhecer e aplicar seu conhecimento. A chave perdida para esse grau é o domínio das emoções, que colocam a energia do universo a sua disposição. Só se pode confiar grande poder aos homens que provaram sua capacidade de usá-lo de forma construtiva e altruísta. Quando o maçom aprende que a chave para o guerreiro é a aplicação correta do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério da sua Arte. As energias ardentes de Lucifer estão em suas mãos, e antes que ele dê o passo para a frente e para cima, precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia. Precisa seguir os passos de seu antepassado, Tubalcaim, que com a força poderosa do deus da guerra forjou de sua espada um arado." [Manly P. Hall, Trigésimo Terceiro Grau, K. T., The Lost Key of Freemasonry or The Secret of Hiram Abiff, Prefácio de Reynold E. Blight, Trigésimo Terceiro Grau, K. T., Ilustrações de J. Augustus Knapp, Trigésimo Segundo Grau, Macoy Publishing and Masonic Supply Company, Richmond, Virgínia, pg 48, ênfase adicionada]
Essa frase é a mais audaz e concisa que alguém pode criar! Ela afirma audaciosamente que, uma vez que o maçom aprenda a controlar suas emoções e a aplicar corretamente o "dínamo do poder da vida", assegura que poderá controlar "as energias ardentes de Lucifer em suas mãos". Além disso, ela admite que a Maçonaria é a Arte, o antigo nome da Feitiçaria! Além disso, todos os satanistas têm a certeza que, se ingressarem em um conciliábulo e aprenderem a Arte, controlararão o poder sobrenatural de Satanás, exatamente como Manly P. Hall está prometendo aqui.
Essa é a mais poderosa prova que a Maçonaria é uma forma de Satanismo, pois a linguagem aqui é direta e clara, não repleta de palavreado em estilo arcano e confuso que somente um estudioso pode compreender. Além disso, observe que Hall e Reynold E. Blight são maçons de Grau 33, enquanto que o ilustrador é de Grau 32. A Macoy Publishing Company é também uma das mais respeitadas editoras maçônicas.


Revelações Sobre Tubalcaim
No entanto, as revelações desse parágrafo ainda não acabaram. Observe que Hall faz referência a Tubalcaim. Vamos revisar essa frase, pois também revela Satanismo. O maçom precisa "seguir os passos de seu antepassado, Tubalcaim, que com a força poderosa do deus da guerra forjou de sua espada um arado." No Masonic Quiz Book [Livro Maçonico de Perguntas], existe a seguinte pergunta: "Quem foi Tubalcaim?" Resposta: "É o Vulcano dos pagãos." [William P. Peterson, Editor, Masonic Quiz Book: "Ask Me Brother", Chicago, Charles T. Power Company, 1950, pg 18, 88, 131, 213; encontrado também em John Yarker, The Arcane Schools: A Review of their Origin and Antiquity: With a General History of Freemasonry and Its Relation to the Theosophic Scientific and Philosophic Misteries, Belfast, Irlanda, William Tait, 1909, pg 30; também encontrado em A. R. Chambers, Editor, Questions and Answers, 1972, pg 237; também encontrado em Malcom Duncan, Duncan's Ritual of Freemasonry, New York, David McKay Company, terceira edição, pg 94].
Na verdade, no Terceiro Grau, Mestre Maçom, Tubalcaim é a palavra dada como senha.
Além de identificar a Maçonaria com o paganismo nessa frase, qual é o significado de Vulcano dos pagãos? Essa pergunta é muito importante, pois Manly P. Hall aconselha o maçom que, tendo as energias ardentes de Lucifer em suas mãos, siga os passos de Tubalcaim. Hall faz Tubalcaim parecer um dos deuses gregos, você não acha? E, sabemos conclusivamente que Tubalcaim é o Vulcano dos pagãos. Vejamos quem é o Vulcano dos pagãos, consultando algumas fontes ocultistas.
"Vulcano era a deidade do sol que estava associada com o fogo, trovões, relâmpagos [e a metalurgia]. O festival em sua honra chamava-se Vulcâneo, em que sacrifícios humanos eram oferecidos. [Percival George Woodcock, Short Dictionary of Mythology, Nova York, Philosophical Library, pg 152]. De acordo com Diel, ele tem um relacionamento familiar com o Diabo cristão." [J. E. Cirlot, traduzido por Jack Sage, A Dictionary of Symbols, Nova York, Dorset Press, 1991, pg 362]. "É fascinante saber que ele casou-se com Vênus, outro nome para Lucifer ou o Diabo." [Woodcock, op. cit, pg 150-51, ênfase acrescentada]
Uau! Com uma só pernada aprendemos que Manly P. Hall diz ao maçom que ele tem as energias ardentes de Lucifer em suas mãos e que deve seguir os passos do "Diabo cristão", a quem "sacrifícios humanos" eram oferecidos!

Os Nomes Infernais: Baphomet, Thoth, Hermes, Tífon e Pã
Neste ponto, até o cético mais empedernido já deve estar convencido que a Maçonaria é adoração a Lucifer/Satanás. No entanto, para aqueles que ainda precisam de maior convencimento, vamos considerar os nomes infernais pelos quais a Maçonaria mascara suas muitas referências a Satanás. Na Bíblia Satânica, encontramos 77 nomes pelos quais os pagãos referenciaram a Satanás ao longo dos séculos. Vamos rapidamente revisar algums dos nomes infernais do Satanismo encontrados dentro da Maçonaria. [The Satanic Bible, Anton LaVey, pg 144-146]
Citaremos o ensino maçônico sobre cada um desses nomes e depois a explicação.

"Baphomet".  

Baphomet -- "Os gnósticos sustentavam que ele [o agente universal] compunha o corpo ígneo [respeitante ao fogo] do Espírito Santo, e era adorado nos ritos secretos do Sabá ou do Templo sob a figura hieróglifa do Baphomet ou o bode hermafrodita de Mendes." [Pike, op. cit. pg 734, Ensinos do Vigésimo Oitavo Grau; ênfase adicionada]
Achamos absolutamente incrível que os maçons retratem o Espírito Santo com o símbolo satânico do Baphomet!
Esse símbolo foi criado por um dos maiores satanistas e maçons de todos os tempos, Eliphas Levi. Ao longo dos tempos, tem sido reconhecido como um dos mais malignos de todos os símbolos. Olhando atentamente para o Baphomet, você verá que a ênfase está no sexo, pois esse ser é andrógino - macho e fêmea ao mesmo tempo - observe que ele tem seios de mulher e um falo [um pênis] ereto. Na verdade, duas serpentes estão entrelaçadas em volta do falo ereto, que é estranhamente grande. Esse ser tem a cabeça do "Bode Chifrudo", outro título para Satanás. No livro Masonic and Occult Symbols Illustrated, o Dr. Burns diz, "Em um livro sobre feitiçaria, The Complete Book of Withcraft and Demonology... a legenda diz que ele é 'o deus cornífero dos feiticeiros, o símbolo do sexo encarnado'" [pg 51]. Observe ainda que o Baphomet está fazendo o sinal da tríade do Diabo com sua mão direita. "Baphomet é também conhecido como bode sabático, em cuja forma Satanás deve ser adorado nos sabás dos feiticeiros." [Frank Gaynor, Dictionary of Mysticism, Nova York, Philosophical Library, 1953, pg 24]
Em seguida, descobrimos que Baphomet é aprovado oficialmente como símbolo da Igreja de Satanás [The Occult Emporium, Winter, 1993-1994, pg 54] e que a figura está no manto vestido pelo sacerdote de Satanás [Ibidem, 1990-1991, pg 26]
Como Albert Pike ligou Baphomet com o Bode de Mendes, mostraremos também esse símbolo obviamente satânico.


"Pentagrama".

Uma figura que representa o diabo. [Repare o besouro (ou escaravelho) no centro da estrela.]
"Pentáculo Satânico".

Olhe atentamente para este Pentáculo Satânico, pois a Maçonaria utiliza muito os pentáculos. Veja o pentáculo mostrado a seguir. Ele é usado pela Estrela do Oriente, a divisão maçônica para as mulheres! Novamente, a Maçonaria utiliza um símbolo satânico muito maligno para a Ordem que treina suas jovens e facilmente impressionáveis meninas. Por que pelo menos a Maçonaria não utiliza a "Estrela do Bem", com uma das pontas voltada para cima, em vez da mais maligna estrela de cinco pontas invertida, essa Cabeça do Bode de Mendes? Verdadeiramente, o uso que eles fazem desse símbolo diz-nos exatamente que são totalmente malignos, até mesmo para suas próprias meninas. 

Anel Maçônico e "Pentáculo".  

Descobrimos este símbolo em um site wiccano sobre jóias. Eles estavam brincando com o fato de o emblema do anel maçônico ser na verdade um pentáculo disfarçado! Como você pode ver, a figura à esquerda é um típico símbolo de anel maçônico, com o compasso, o esquadro e a régua. A figura do lado direito retrata a figura completa de onde o símbolo do anel foi retirado. Olhando atentamente, você verá duas estrelas de cinco pontas. Uma delas está mais escura que a outra. O pentáculo de tonalidade mais escura é o Pentáculo Maligno com duas pontas para cima, representanto Satanás, enquanto que o outro, de tonalidade mais clara, é o Pentáculo com uma ponta para cima, a Estrela do Bem, representando Lucifer. [Veja a explicação do Pentáculo Satânico a seguir.]
A partir dessa ilustração, você pode ver que o símbolo do Anel Maçônico é simplesmente um Pentáculo disfarçado, com as estrelas do Bem e a Maligna representadas! Em outras palavras, esse site wiccano está anunciando para o mundo que a Maçonaria serve tanto ao bom Lucifer e ao maligno Satanás!
Thoth -- "O primeiro Hermes foi a Inteligência ou Palavra de Deus. Movido por compaixão pela raça que vivia sem lei... Deus enviou ao homem, Osíris e Ísis, acompanhados por Thoth, a encarnação ou repetição terrestre do primeiro Hermes; que ensinou aos homens as artes, a ciência, e as cerimônias da religião; e depois subiu aos Céus ou até a Lua." [Pike, Morals and Dogma, pg 255, Décimo Sétimo Grau, Cavaleiros do Oriente e do Ocidente; ênfase no original].
A fundadora da Casa da Teosofia, Helena Petrovna Blavatsky, cujos livros foram todos escritos por seus espíritos-guia, em uma forma que chamamos de Escrita Automática [Psicografia] associa Thoth para nós. "...Hermes, o deus da sabedoria, também chamado de Thoth, Tat, Seth, e Satã; e que era, além disso, quando visto sob seu aspecto ruim, Tífon, o Satanás egípcio, que também era Seth." [Helena P. Blavatsky, Isis Unveiled [Ísis Sem Véu], Vol. 1; Ciência, Trow's Printing and Bookbinding Company, pg. 554, XXXIII; ênfase adicionada]
Acho muito interessante que Blavatsky, como Anton LaVey na Bíblia Satânica, não tenha dificuldades em associar o nome infernal Thoth com Satanás, e especialmente com o Satanás egípcio! Lembre-se das palavras de Pike, citadas no início, que "a Maçonaria é idêntica aos mistérios antigos"! Essa afirmação significa que os maçons acreditam no mesmo que era ensinado em todos os Mistérios Antigos e adoram ao mesmo deus, Satanás, só que sob diferentes nomes.
Como a senhora Blavatsky mencionou outro nome infernal, Tífon, e o identificou como o Satanás na mitologia egípcia, vamos revisar Albert Pike novamente, e descobriremos que a Maçonaria também reverencia a Tífon.
Tífon -- "Osíris era o filho de Hélios (Phra) o 'rebento divino nascido com a aurora' e ao mesmo tempo uma encarnação de Kneph ou Agathodaemon, o Espírito do Bem, incluindo todas suas possíveis emanações, físicas ou morais. Ele representava em uma forma familiar o aspecto beneficente de todas as mais elevadas emanações e nele foi desenvolvido o conceito de um Ser puramente bom, de modo que foi necessário criar outro poder como seu adversário, chamado Seth, Baby, ou Tífon para corresponder às influências injuriosas da Natureza." [Pike, op. cit. pg 588, Ensinos Para o Vigésimo Oitavo Grau, Cavaleiro do Sol, ou Príncipe Adepto].
Novamente, podemos ver a doutrina ocultista e satânica que toda a natureza é composta pelo bem e pelo mal, branco e preto, opostos que são iguais, mas adversários. Isso é puro Satanismo, e Albert Pike acaba de abraçá-lo, explicando que a natureza não podia permitir que um Osíris que é só amor e bondade existisse sem um contrapeso maligno. Na verdade, o Satanismo e a Maçonaria compartilham o mesmo símbolo revelador para ilustrar essa situação. Apresentamos estas figuras, tiradas de fontes maçônicas:

Dois tipos de "pentáculo".
Nestes símbolos, o Pentáculo da esquerda envolvido pelo círculo mágico é Lucifer - o deus do bem - com uma ponta voltada para cima e duas para baixo; o Pentáculo da direita, que também está envolvido pelo círculo mágico, é Satanás - o deus do mal - com duas pontas para cima e uma para baixo. Esses símbolos ilustram exatamente o que Albert Pike está falando no parágrafo acima! Ele diz que o deus maligno, a quem chama de Seth, ou Tífon [Tífon é listado na Bíblia Satânica de Anton LaVey como um dos nomes infernais de Satanás] é o adversário do deus do bem, Osíris; portanto, Pike está dizendo que Osíris é Lucifer, uma conclusão coerente com o resto do reino ocultista.
[Os símbolos acima foram tirados de: Arthur Edward Waite, The Misteries of Magic: A Digest of the Writings of Eliphas Levi [Os Mistérios da Magia: Digesto dos Escritos de Eliphas Levi], Chicago, DeLaurence, Scott and Company, edição de 1966, 1909, pg 223 - Nota: Waite é um autor maçom! Encontrado também em D. Duane Winters, A Search for Light in a Place of Darkness: A Study of Freemasonry, pg 69]


-- "... Satanás não é um deus negro, mas a negação de Deus ... ele não é uma pessoa, mas uma Força, criada para o bem, mas que pode representar o mal. É o instrumento da Liberdade ou do Livre Arbítrio. Eles representam essa Força... sob a forma mitológica e cornífera do deus Pã; daí veio o bode do Sabá, irmão da Antiga Serpente e o portador da Luz ..." [Pike, Morals and Dogma, pg 102]
Como a Bíblia Satânica relaciona Pã como um dos nomes infernais de Satanás, precisamos investigar no ocultismo mais algumas informações sobre Pã. No entanto, agora sabemos que, de Pã, veio o bode do Sabá, irmão da Antiga Serpente e o portador da Luz [Lucifer], pois Albert Pike, o maior maçom da história, acaba de nos dizer isso!
As restrições de tempo e de espaço impedem-nos de continuar mais neste interessante e revelador estudo sobre a Maçonaria. Esperamos e oramos que este material, mais a ação do Espírito Santo, tenham revelado a você a verdade sobre a natureza religiosa da Maçonaria. Verdadeiramente, essa organização é uma das mais enganosas na história mundial. Veja como o autor cristão de Nova Era, Bill Cooper, descreve a Maçonaria. Cooper foi membro da organização maçônica DeMolay durante sua juventude e, posteriormente, passou 20 anos trabalhando na Inteligência Naval. Ele está muito familiarizado com as organizações que estão conduzindo o mundo para a Nova Ordem Mundial e preparando o aparecimento do seu Messias, o Anticristo descrito na Bíblia.
"Posso assegurar que a Maçonaria é uma das mais ímpias e terríveis organizações que existem no mundo. Os maçons são grandes participantes na luta pelo domínio mundial. O Grau 33 está dividido em duas metades. Uma metade contém o núcleo do Iluminismo Luciferiano e a outra é formada por aqueles que não têm absolutamente nenhum conhecimento sobre isso." [Behold a Pale Horse, pg 78]
Ao longo dos anos, desde que li o livro de Cooper, confirmei a vasta maioria das informações que estão ali contidas. Até mesmo o ex-feiticeiro Iluminista, Doc Marquis tem esse livro em sua estante. Se você desejar conversar com Doc sobre a veracidade dessas informações, pode contactá-lo em Christians Exposing The Occult, PO Box 632436, Nacogdoches, TX 75963-2436, ou pelo telefone (409) 552-7313. Doc tem muitos dos livros secretos, chamados Livros Esotéricos da Maçonaria, incluindo muitos que estão escritos em código. Ele confirma essa afirmação de Cooper.
Agora que conhece a verdade sobre a Maçonaria, você precisa tomar uma decisão pessoal. Agora que sabe que foi enganado pelos seus próprios superiores na Arte, precisa decidir se quer seguir a Jesus Cristo ou a Maçonaria. Seu destino na eternidade é que está em jogo. Ouça as palavras de Josué: "Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR. [Josué 24:15] Como demonstramos, a Maçonaria é "idêntica aos mistérios antigos"; portanto, é idêntica aos deuses egípicios, das mãos dos quais o Deus da Bíblia libertou os israelitas, e idêntica também aos deuses dos amorreus.
Novamente, ouça o desafio de Josué: "... escolhei hoje a quem sirvais". Esperamos que sua resposta seja como a decisão de Josué: "Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR".

O que é a ordem Illuminati ?



A Ordem Illuminati é uma ordem paramaçônica, herdeira dos Illuminati de Baviera de Adam Weishaupt, fundada em 1º de maio de 1776. Denomina-se paramaçônica, porque não assume os Landmarks (normas) conservadoras da Maçonaria atual, porém tem uma tradição maçônica.
Os Landmarks da Ordem Illuminati são seus Mandamentos e o Liber Zion, revelado por Baphomet a Gabriel López de Rojas nos anos 1999-2000.
A Ordem Illuminati transmite seus ensinamentos e iniciações por meio do Rito Operativo dos Iluminados de Baviera de treze graus, elaborado por Gabriel López de Rojas no período 1995-2000. O Rito ou Sistema de treze graus da Ordem Illuminati se nutriu dos graus do Rito dos Iluminados de Baviera, elaborado por Adam Weishaupt e Adolf von Knigge no século XVIII; do Rito Escocês Antigo e Aceito de 33 graus; e da experiência iniciática de López de Rojas em várias vias tradicionais de iniciação como a Cabala.
Os treze graus do Rito Operativo dos Iluminados de Baviera são:
- Noviciado (Iº);
- Iluminado Minerval (IIº);
- Iluminado Menor e Iluminado Maior (IIIº);
- Cavaleiro Maçom (Aprendiz IVº, Companheiro Vº e Mestre VIº);
- Iluminado Dirigente (Soberano Príncipe da Rosacruz VIIº, Cavaleiro Kadosh VIIIº e Soberano Grande Inspetor Geral IXº);
- Sacerdote Iluminado (Xº)
- Príncipe Iluminado (XIº);
- Mago Filósofo (XIIº)
- Homem Rei (XIIIº).
O Rito Operativo dos Iluminados de Baviera dá importância aos pilares fundamentais da iniciação (vontade, coerência, ordem, despertar da consciência e o Deus Interior); às vias tradicionais de iniciação (Yoga, Tantra, Cabala, Simbolismo, Alquimia), com as quais se culmina a mesma; e à capacidade dos iniciados, nos altos graus, de transformar a si mesmos na própria divindade, no andrógino divino e alquímico, para assim poder transformar toda a realidade que os envolve, sempre buscando um mundo mais justo e livre.
Em dito Rito ou Sistema, ademais, é importante a figura do Deus da Luz, Baphomet. Sobre ele, devemos ter uma idéia básica: somente com Baphomet a iniciação é completa. Com os deuses escravisadores e seus “grilhões”, o trabalho iniciático está “castrado” e a iniciação completa não é possível.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Entregue seus fardos para Ele



"Lança o teu fardo sobre o Senhor, e ele te susterá; nunca permitirá que o justo seja abalado" (Salmos 55:22).

Hudson Taylor, missionário pioneiro para a China, estava profundamente angustiado pelas responsabilidades que o deixavam abatido.Enquanto ele orava por força divina para continuar seu ministério, veio à sua mente o verso 22 do Salmo 55: "Lança o teu fardo sobre o Senhor, e ele te susterá" Colocando-se de pé, ele lamentou: "Este medo tem me iludido por muito tempo! Eu compreendo tudo agora. Quando nós obedecemos ao Senhor e passamos por dificuldades, o peso da responsabilidade fica com Ele e não conosco!" Então ele orou: "Senhor, eu coloco diante de ti todas as minhas lutas e dificuldades e peço que me ajude com meus fardos. Eu estou contando com a Sua força! Eu seguirei adiante e deixarei os resultados contigo." Com o coração iluminado, Hudson Taylor continuou a estabelecer um grande trabalho na China.
De que nos lamentamos tanto? Por que estamos sempre nos queixando de tudo e de todos? O que nos impede de alcançar a felicidade e de realizar cada um de nossos sonhos?
Estamos olhando para as lutas? Estamos preocupados com os problemas do caminho? Estamos valorizando as dificuldades? Mas, por que tudo isso se a nossa força vem do Senhor e se Ele está pronto a levar sobre si todos os nossos fardos?
Quando nos esquecemos das promessas do Senhor ou deixamos de confiar em Sua atuação, começamos a ter receio de tudo e não somos capazes de dar um passo sequer à frente. Perdemos a alegria, perdemos a fé, perdemos a esperança e deixamos de viver a felicidade abundante que Deus determinou que experimentássemos aqui neste mundo.
Você ainda continua vivendo medrosamente, sem a coragem e a ousadia características dos filhos de Deus? Continua temendo possíveis lutas ou fracassos? Descanse na presença de Cristo. Entrega a Ele todos os seus receios e verá que seus dias serão muito mais agradáveis e abençoados.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O Símbolo Mais Relevante




Certa vez, um rei muito amado, sentindo-se envelhecer, achou por bem decidir qual dos seus três filhos herdaria o trono. Tarefa difícil, porque todos eles eram dignos da coroa.
Certa manhã o rei os chamou à sua presença e disse-lhes:
- Estou velho e já sem forças para governar. Deus deu-me a sorte de ter três filhos maravilhosos e tenho certeza de que qualquer um de vocês dará um bom rei. No entanto, só um será coroado. Por isso, a melhor maneira que encontrei para decidir-me por um de vocês é submetê-los à uma prova. Cada um saia agora, procurem onde quiser e tragam para mim, hoje à noite, aquilo que vocês julgarem ser o melhor símbolo do nosso reino. Os nobres me ajudarão a decidir. Quem trouxer o melhor símbolo será o futuro rei.
Um dos príncipes decidiu procurar no próprio castelo, nos seus museus e nos seus tesouros. Outro, procurou os sábios do reino e passou o dia discutindo o assunto com eles.
O terceiro, resolveu dar uma volta pelo reino, visitar o povo, conversar com as pessoas simples. Nestas suas andanças encontrou um menino arando a terra em meio às lágrimas.
- Porque choras, menino?
- Meu pai morreu e minha mãe está doente. Preciso arar este campo e lançar as sementes ainda hoje, mas não consigo arrastar este arado sozinho. Queria terminar logo, para ficar com a minha mãe.
O príncipe pensou na prova do rei, sabia que não tinha tempo a perder, mas, decidiu ajudar o menino. Um pouco, pelo menos. Porém, o garoto era muito simpático e, conversa vai, conversa vem, as horas se passaram rapidamente. Terminaram o serviço e ainda foram visitar a mulher doente, que muito agradeceu a ajuda do nobre viajante (nem ela sabia que era o príncipe).
À noite, o príncipe que ficara no castelo, apresentou ao rei e aos nobres um velho cofre de ouro cravejado de pedras preciosas. Antiquíssimo símbolo do tesouro da família real. Símbolo de estabilidade e poder. O segundo apresentou uma velha espada que pertencia ao seu pai, símbolo dos difíceis tempos das batalhas para se estabelecer aquele reino. Símbolo da coragem e valentia.
- E você, meu filho, o que nos trouxe? perguntou o rei ao último.
- Nada, meu pai. Saí para visitar o nosso povo e deparei-me com as lágrimas de um pequeno órfão de pai que arava o campo. Fiquei tão comovido com seu sofrimento que interrompi minha busca para ajudá-lo. Como não sou acostumado ao trabalho pesado, cansei-me demais e não tive forças para continuar minha busca. Desculpe-me, senhor.
- Chegue-se aqui, meu filho. Deixe-me ver suas mãos.
Ao ver as bolhas que se formaram em suas mãos, o rei levantou o braço do rapaz e disse para todos:
- Este é meu escolhido, pois ele nos trouxe não um, mas quase todos os símbolos mais relevantes do nosso pequeno reino: Primeiro, ele foi até o nosso povo. Um rei jamais pode deixar de estar com seu povo. Segundo, ele foi capaz de parar para ouvir uma criança. Terceiro, ele foi capaz de se comover com seu sofrimento. E, por último, demonstrou que é capaz de prestar ajuda a quem precisa. Empatia! Capacidade de ouvir! Compaixão! Ação! Este rapaz tem todas as qualidades de um grande rei. Quem concorda comigo, diga: Viva o rei!
E todos gritaram "Viva o rei", inclusive seus irmãos.

Alegres pela Alegria dos Outros




"Para que eu veja os bens de teus escolhidos, para que eu me alegre com a alegria da tua nação" (Sl 106:5).

Um cachorro estava deitado em um estábulo e rosnava cada vez que os bois se aproximavam para comer o feno que havia sido colocado ali para eles. "Que Cachorro egoísta!" disse um dos bois para seus companheiros; "ele não pode comer o feno, e ainda impede que os que podem o façam". Satanás é como aquele cachorro. Porque ele perdeu seu lugar no Paraíso, está ardentemente determinado a impedir que todo humano herde o que ele perdeu!
O egoísmo, a inveja, a vingança, são atitudes comuns àqueles que não conhecem a Deus. São próprias do adversário do Senhor. Ele perdeu tudo e deseja que todos percam também.
O filho de Deus age de forma diferente. Ele tem prazer em ver a felicidade dos que o cercam. Ele se alegra quando um irmão é abençoado, quando alcança o sucesso, quando realiza um grande sonho. Ele está pronto a ajudar, a estender a mão, a repartir o que tem, mesmo que seja muito pouco.
O cristão aprende sobre o amor e deseja praticá-lo a todo momento e em qualquer situação. Ele aprende que Deus é amor e quer ser um discípulo fiel e verdadeiro.
Aqueles que têm o coração fechado para Cristo não compreendem o valor de ser uma bênção em Suas mãos. Se têm muito, querem ter mais e ignoram os que nada têm. Se têm pouco, murmuram por tudo e invejam aqueles que possuem alguma coisa. Nunca estão satisfeitos e parece que estão sempre de mal com a vida.
Aqueles que abrem o coração para o Salvador, estão sempre satisfeitos e mais satisfeitos ficam quando podem ser úteis à comunidade. A sua maior felicidade é ser uma bênção para todos e, principalmente, para Deus.
Alegre-se com a alegria dos outros. É o melhor caminho para ser feliz... sempre.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

AntiCristo - Papa João Paulo II ?


 
O AntiCristo será o Papa João Paulo II ? Antes de se indagar ou ver o vídeo leia:
"E a besta que era, e não é, é ela tambem o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição."           (Apocalipse 17:11)

Um dos 7 reis, irão voltar pra ser o Oitavo, e quando um Rei Cai, significa que ele morre, então só o futuro pode dizer o que vai acontecer.


domingo, 9 de janeiro de 2011

A Bíblia é mais sábia que a ciência






”Mas a Bíblia foi escrita milhares de anos atrás. E nós estamos quase entrando no século 21! Temos visto o homem ir à lua. Temos visto a humanidade dar grandes passos na conquista dos mistérios mais escondidos do universo".

ESTOU ALEGRE QUE VOCÊ PERGUNTOU... Lucas 17:30-34 "Assim será NO DIA em que o Filho do homem se há de manifestar... NAQUELE DIA... vos digo, NAQUELA NOITE..."

Ninguém nos dias de Lucas pensou que poderia existir dia e noite ao mesmo tempo! Eles pensavam que a terra era plana! Lucas foi escrito em torno do ano 65 d.C.Como sabia Lucas de algo que os cientistas não souberam até o século 16?

Isaías 40:22 "Ele é o que está assentado sobre o GLOBO DA TERRA”.Como, no ano 700 a.C., sabia Isaías que a terra era redonda? Os cientistas dos dias de Isaías pensavam que a terra era plana.

Não descobriram que a terra era redonda até o princípio dos anos 1500, quando Magalhães navegou ao redor do mundo.Como é que Isaías sabia de algo mais de 2000 anos antes da ciência?

Jó 26:7 "... e suspende a terra sobre O NADA”. Durante o tempo de Jó, era crido que um deus chamado Atlas sustentava a terra sobre os seus ombros!Ninguém acreditava que a terra “pairava suspensa sobre o NADA!” Jó é o mais antigo livro na Bíblia!

Foi escrito há mais de 3500 anos atrás!Como é que Jó soube de algo que era IMPOSSÍVEL saber durante os seus dias?

Gênesis 2:7 "E formou o SENHOR Deus o homem do PÓ DA TERRA, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”. Seguramente, você não toma Gênesis seriamente. Toma?

Em novembro 1982, Seleções do Reader's Digest incluiu um artigo com o título “Como a Vida na Terra Começou”

Este artigo declarou que, de acordo com cientistas no Centro de Pesquisa da NASA em Ames, os ingredientes necessários para formar um ser humano podem ser encontrados NO BARRO.

O artigo disse, ainda, “O cenário descrito pela Bíblia quanto à criação da vida vem a ser NÃO MUITO DISTANTE DO ALVO”. (Seleções do Reader’s Digest, novembro de 1982, p. 116).

Não, a Bíblia “não passou não muito distante do alvo” – ela atingiu exatamente o alvo!

Os cientistas têm rido da possibilidade de Gênesis ter qualquer credibilidade científica, todavia –quanto mais aprendemos, mais descobrimos que a Bíblia é CIENTIFICAMENTE EXATA!

Salmo 8:8 "... tudo o que passa pelas VEREDAS DOS MARES”. Depois de ler Salmo 8:8, Matthew Maury, um oficial da Marinha dos Estados Unidos da América, lançou-se ao empreendimento de localizar estes curiosos “caminhos nos mares”.

Descobriu que os oceanos têm caminhos que fluem através deles. Maury se tornou conhecido como o “descobridor das correntes marítimas”.

Como é que Davi (o escritor do Salmo 8) soube, há mais de 2000 anos atrás, que havia “caminhos nos mares”?

Davi, provavelmente, nunca sequer viu um oceano! COMO É QUE ELE SOUBE?

Eclesiastes 1:7 "Todos os rios vão para o mar, e contudo o mar não se enche; ao lugar para onde os rios vão, para ali tornam eles a correr."

Como é que o escritor de Eclesiastes sabia do ciclo de condensação e evaporação da água?

O sol evapora a água do oceano, o vapor da água sobe e se transforma em nuvens, a água nas nuvens cai de volta para a terra como chuva, se ajunta formando rios, e estes correm de volta ao oceano.Isto não foi conhecido até ser descoberto por Galileu, em 1630! Como é que o escritor de Eclesiastes soube disto no ano 1000 a.C., 2500 ANOS ANTES QUE A CIÊNCIA?!

Levítico 15:13 "Quando, pois, o que tem o fluxo, estiver limpo do seu fluxo, contar-se-ão sete dias para a sua purificação, e lavará as suas roupas, e banhará a sua carne em ÁGUAS CORRENTES; e será limpo”.

Deus disse para lavar a carne infectada em ÁGUA CORRENTE. A ciência não descobriu aquilo até surgirem dois homens chamados Pasteur e Koch, nos anos finais dos anos 1800.

Todos os médicos de um hospital lavavam suas mãos em uma mesma bacia de água, dia após dia, e disseminavam os germes com a velocidade, facilidade e mortandade com que fogo se espalha num capinzal seco.

A CIÊNCIA FICOU CERCA DE 3000 ANOS ATRASADA! Não é embaraçoso quando a ciência sempre se atrasa cerca de 2000 anos atrás daquele Livro tão maravilhoso?!

Jó 38:19 "Onde está O CAMINHO onde mora a luz?E, quanto às trevas, onde está o seu lugar”.

Como é que Jó não disse onde É O LUGAR aonde a luz mora?Porque a luz está sempre se movendo.Como é que Jó soube de algo no ano 1500 a.C. que a ciência não descobriu até Einstein?

Eclesiastes 1:6 "O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; continuamente vai girando o vento, e volta FAZENDO OS SEUS CIRCUITOS”. Como é que o escritor de Eclesiastes soube que o vento viaja formando circuitos? Como é que o escritor soube de algo que os aerologistas e os meteorologistas descobriram há tão pouco tempo?PENSE A RESPEITO DISSO!

Como podem estes homens, com o limitado conhecimento científico da época deles, milhares de anos atrás, estar tão adiantados com relação à ciência?

Provérbios 6:6-8 "Vai ter com a formiga... na sega ajunta o seu mantimento..." Life’s Nature Library,em “Os Insetos” (p. 163), comentando sobre Provérbios 6, "Um dos enigmas entomológicos do último século" diz respeito a esta observação por Salomão.

Não havia nenhuma evidência de que formigas, realmente, faziam colheitas de grãos. Em 1871, entretanto, um naturalista britânico mostrou que Salomão, afinal de contas, tinha estado certo..." Como Salomão soube aquilo no ano 1000 a.C.? Como Salomão, claramente, detalhou um FATO científico que era IMPOSSÍVEL que ele o soubesse no ano 1000 a.C.?

Provérbios 17:22 "O coração alegre é como o BOM REMÉDIO..."

Um artigo no The Birmingham News,intitulado “Rir: Receita para Saúde”, disse que as mais RECENTES evidências médicas revelam que “A algum ponto durante o riso, seu corpo recebe UM MEDICAMENTO PRESCRITO,vindo da farmácia que está no seu cérebro”.

Levítico 17:11 "Porque a vida da carne está no sangue..."Esta é a mais acurada declaração científica,jamais feita,a respeito do sangue!

É o sangue que dá continuidade a todos os processos da vida,no corpo.

É o sangue que causa o crescimento,constrói novas células, faz crescer o osso e a carne, armazena gordura, faz cabelo e unhas.
É o sangue que alimenta e sustenta todos os órgãos do corpo.

É o sangue que repara o corpo.Que cicatriza as feridas, que faz crescer nova carne, nova pele e mesmo novos nervos.
É o sangue que combate às doenças. Quando uma vacina contra uma doença lhe é dada, aplica-se uma injeção na sua corrente sanguínea.

Por milhares de anos,os médicos tratavam as pessoas com uma prática chamada de “sangria”.Pensavam que doenças poderiam ser curadas através da extração de sangue.Em 1799, menos de 200 anos atrás, George Washington foi, literalmente,sangrado até à morte.

Os médicos sangraram o pobre George quatro vezes, da última vez tiraram mais de um litro de seu sangue!Eles não sabiam, mas estavam, literalmente,retirando a vida de George quando estavam extraindo o seu sangue.

Não foi senão no início dos anos 1900 que um homem chamado Dr. Lister descobriu que o sangue provê o sistema imunológico aos corpos – A VIDA DA CARNE ESTÁ NO SANGUE! The Birmingham Post Herald,de 26 de fevereiro de 1988, contou a história de Mike Thomas. Ele estava trabalhando em um canteiro de construção civil, quando caiu de uma altura de 21 m.

Enquanto caía, um cabo de aço se enrolou ao redor do seu braço e cortou-lhe fora a mão, poucas polegadas acima do pulso. Um colega de trabalho carregou para o hospital a mão que tinha sido separada do corpo.

Por causa dos sérios ferimentos internos de Thomas, os médicos não puderam re-implantar sua mão naquele tempo. Ao invés disso, ligaram sua mão a vasos sanguíneos da parede do seu abdômen, para que pudessem “conservá-la viva”.

Dois meses depois, os médicos removeram a mão do abdômen e a recolocaram de volta no braço de Thomas. De acordo com o relatório, UAB foi a primeira entidade médica da nação a realizar tal façanha!Exatamente o que a Bíblia disse em 1490 a.C.!Continue alimentando aquela mão com sangue e ela continuará viva – A VIDA DA CARNE ESTÁ NO SANGUE!Você não acha isto estranho?Aquilo que Moisés escreveu no ano 1490 a.C.,somente agora foi descoberto pelas mais brilhantes mentes que o homem pode produzir!

Como pode aquele Livro maravilhoso, escrito milhares de anos atrás e por homens com conhecimento científico muito limitado, estar tão à frente do melhor que a humanidade pode produzir em 6000 anos?

Para compreender quão maravilhoso aquele Livro é,compare o que os cientistas ensinavam quando ele foi escrito.Eles criam que os raios fossem projéteis lançados pelos deuses.

O Vedas (livro sagrado hindu) ensinava que,para conseguir chuva,bastava se amarrar à uma árvore um sapo de boca aberta e repetir algumas palavras mágicas - e presto - chuva!

Os egípcios acreditavam que estrelas eram as almas dos mortos que agora tinham se transformado em deuses.Os gregos acreditavam que um deus chamado Atlas "sustentava a terra sobre seus ombros".

Alguns ensinavam que a terra repousava sobre as costas de vários elefantes grandes(muito grandes!).E os elefantes estavam apoiados sobre as costas de uma tartaruga grande(muito, muito grande!)

E a tartaruga?Estava apoiada sobre uma cobra grande(muito, muito, muito grande!)
E a cobra?Bem, você já tem a idéia.

Mas aquele Livro maravilhoso não contém nada tão tolo!Apesar do que era ensinado e crido [pelos cientistas] durante os dias dos escritores! Aquele Livro maravilhoso diz: “E Moisés foi instruído em toda a ciência dos egípcios...” (Ato 7:22)

Todavia “a mitologia e as superstições” do Egito de modo algum estão em nenhum dos livros escritos por Moisés!

De fato, depois de 6000 anos de “descobertas e avanços” – aquele Livro maravilhoso pode se erguer ao lado dos mais avançados livros disponíveis na medicina, na ciência e na história!

Um assunto que separa aquele Livro maravilhoso de qualquer outro livro é profecia.Nenhum outro livro prevê o futuro como este faz.Suas profecias são absolutamente precisas.

Muitas vezes elas foram dadas centenas e até mesmo milhares de anos antes dos acontecimentos. E, sem exceção,Elas foram cumpridas – até seus menores detalhes!

Existem mais de 300 profecias cumpridas na pessoa de Jesus Cristo. Aquele Livro maravilhoso tem muitas profecias que foram escritas milhares de anos antes de Jesus ter nascido!

Profecias exatas e detalhadas tais como: onde Ele nasceria(Miquéias 5:2),como Ele nasceria(Isaías 7:14),como Ele morreria(Salmos 34:20),etc.

E a história tem PROVADO,sem NENHUMA sombra de dúvida,que elas foram cumpridas EXATAMENTE como aquele Livro maravilhoso tinha profetizado,centenas de anos antes!

No livro Science Speaks,o matemático e cientista Peter Stoner aplica as regras de probabilidade a estas profecias.A probabilidade de somente oito dessas trezentas profecias terem sido cumpridas por acaso é uma em 10 17 – que é 1 em 100.000.000.000.000.000

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Tudo o que temos, de quem é?


"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6:33).

Houve um momento dramático, na história do mundo, quando o General Pershing colocou o Exército Americano sob as ordens do General Foch, que acabava de ter sido nomeado Chefe das Forças Aliadas no campo. Uma frase que ele articulou naquele tempo, embora não muito citada, é muito significativa: "Infantaria, artilharia, aviação ... todas as coisas que temos são suas. Disponham delas como desejarem".
Deus deseja ouvir de Seu povo uma consagração semelhante. Ele tem sido tudo para nós - nosso Senhor, nosso Salvador, nosso Mestre, nosso Amigo verdadeiro, nosso Companheiro em todas as jornadas, um tesouro que nos faz ricos e felizes.
E o que temos sido para Ele? O que temos lhe oferecido? Alguma vez já dissemos que tudo que temos Lhe pertence? Já lhe entregamos todos os nossos bens para que Ele use conforme a Sua vontade?
É muito comum chegarmos diante do Senhor pedindo: "Senhor, dá-me isso; Senhor, dá-me aquilo; Senhor, quero ser rico; Senhor, quero prosperidade em abundância; Senhor..." Sempre estamos querendo mais e nunca estamos satisfeitos com coisa alguma.
Mas, não é esse o ensino de Jesus. O nosso desejo, mais e mais, deve ser buscar a Sua presença e fazer a Sua vontade. Tudo o mais é acrescentado conforme os planos divinos. Nem tudo que pedimos nos torna felizes, mas, tudo o que Ele nos dá nos enche o coração de regozijo e satisfação.
Entreguemos ao Senhor tudo o que temos, para que Ele administre. Coloquemos à Sua disposição, especialmente, o nosso coração. Dessa forma, viveremos de maneira abundante e alcançaremos todas as vitórias almejadas.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Seu Maior Dever




terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Simbolos - Seus Significados [2]

Aqui vai mais alguns simbolos, assim servindo como a complementação do post Simbolos - Seus Significados.


O Máximo Nome
 O Máximo Nome é representado em uma caligrafia Árabe que significa “Yá Bahá’u’l’Abhá  traduzindo para o nosso idioma seria algo como  a “Glória ao Senhor o mais glorioso.”  Ele aparece na Tumba de Baha’u’llah envolvido por uma figura esférica com 19 pontas. O número 19 também representa o elemento fogo na cabala. Quando acontecer a manifestação espiritual de Baha’u’llah (que representa esse fogo) , muitas pessoas no mundo vão adorá-lo recitando o máximo nome em seu respectivo idioma. Baháis também usarão termos como Aláhá’u’abhá e Yá Bahá’u’llah. O que não deixa de ser uma variação do máximo nome. Também temos uma mensagem subliminar nesse símbolo, pois a grafia do máximo nome lembra a palavra “EVIL” em inglês que significa Mau/Mal que vem de Pecado.


 O Símbolo da Pedra
Esse é o símbolo que possui mais significados e o mais poderoso artefato mágico de todos. Ele  foi criado por Abdu’l’bahá e  muitos Bahá’is usam o símbolo da pedra em anéis e dentro de seus templos. Alinha inferior representa a humanidade que não conhece o DEUS verdadeiro, a linha do centro representa Baha’u’llah que é oitavo manifestante da revelação progressiva. A  linha superior representa satanás assumindo o lugar de DEUS tentando realizar o seu sonho de estabelecer o seu trono nas alturas:

“E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.”  (Isaías 14 : 13)

A linha que corta as três simboliza o batismo com o falso espírito santo e as duas estrelas representa respectivamente o Báb e Bahá’u’llah.


O Símbolo da Pedra também representa a flor de lótus (muito usada na ativação dos sete Chackras em busca do cristo cósmico ), a lua crescente (símbolo do Islã) , a roda do budismo,  o símbolo usado por Zoroastro, a estrela de  Davi, a suástica usada no hinduismo e também a cruz usada no cristianismo.






A estrela de nove pontas
Biblicamente falando, a estrela de nove pontas ou o eneagrama é uma alusão da forma final  do demônio-estrela Renfã . Mas no bahaismo ela representa a imagem que se assemelha ao espírito de Baha’u’llah, que será  implantada na fronte da mão ou na testa do cidadão global para dar início a economia da sua  Nova Ordem Mundial . Ela também representa a unificação das nove principais religiões criadas  por: Abrão (o pai de todos) , Moises, Zoroastro, Krishna, Jesus, Maomé, Buda, Báb e Baha’u’llah.


 A pirâmide illuminati presa dentro da estrela de nove pontas.
Esse símbolo representa o domínio de Baha’u’llah sobre os illuminatis . O ritual mágico em circulo foi ensinado aos primeiros baháis durante as construções de seus templos. O mestre Abdu’l’ Bahá deixou claro que os templos Bahá’is jamais poderão ter a forma triangular, pois isso representaria o controle da maçonaria no bahaismo.
O número sete representa os manifestantes da revelação progressiva que antecedem Baha’u’llah. E o fogo na parte inferior representa a destruição do sistema illuminati de governo.




 

A estrela de seis pontas com o máximo nome no interior e no seu exterior envolvida pela estrela de nove pontas.
A estrela de seis pontas (ou estrela de David) e um símbolo/ sinal  usado pelos illuminatis que aparece na nota de um dólar, por isso ela possui um valor primário com a função de manter o sistema babilônico de governo trabalhando em parceria  provisória com o Anticristo (o executivo mundial) , seus nove mestres eleitos e o estado de Israel.. Em quanto reinar o império Babilônico ficará visível a estrela de nove pontas e após a destruição dos EUA ( Ap 17:16)  ficará visível a estrela de nove pontas. 


As fases da lua na porta do santuário do Báb
Na porta do santuário do arauto da fé Bahái temos a lua quarto crescente e quarto minguante. A lua quarto minguante representa o Islã. Afina, o bahaismo é a evolução do Islã. Mas as duas fases da lua também representam Baphomet. Observe que a lua está na mesma posição dessa representação de satanás.